Escaladas em Rastro de São Pedro, Arcos – MG

Escaladas em Rastro de São Pedro, Arcos – MG
Ana Fujita na "Stone Fischer", setor Segundo Andar, Rastro de São Pedro.

Ana Fujita na “Stone Fischer”, setor Segundo Andar, Rastro de São Pedro.

Em 2012 o Mountain Voices publicou em matéria de capa, um artigo assinado pelo Eustaquio “Peixe” Júnior mostrando para a comunidade nacional, o potencial de Arcos para a escalada esportiva. Vários anos e encontros depois, o lugar cresceu e a escalada se espalhou para os municípios vizinhos de Corumbá e Pains, onde já existem campings e abrigos para escaladores.

Eustáquio "Peixe" Junior na capa do Mountain Voices #124

Eustáquio “Peixe” Junior na capa do Mountain Voices #124

http://mountainvoices.com.br/mv124.pdf

Após 5 anos da primeira visita á Arcos, Ana e eu aproveitamos o recesso de final de ano para uma nova e rápida escalada no mais impressionante calcário da região centro-sul de Minas Gerais.

O Rastro de São Pedro deve ter hoje mais de 200 vias, sendo a esmagadora maioria, esportivas em rocha de excelente qualidade e proteção moderna. Muitas das vias tem identificação na base, o que facilita a localização do visitante. Infelizmente algum idiota quebrou várias placas, mas mesmo assim ainda é possível se orientar pelas que sobraram.

Placa de identificação. Facilita muito para o visitante.

Placa de identificação. Facilita muito para o visitante.

 

Ana Fujita da "Sansara", Vale das Sombras, Rastro de São Pedro

Ana Fujita da “Sansara”, Vale das Sombras, Rastro de São Pedro.

O croqui atualizado está no link abaixo.

http://mountainvoices.com.br/Croqui-Rastro-Arcos-2019.pdf

Como tínhamos apenas um dia e eu estava bem baqueado com a reação de uma vacina, escalamos poucas vias, mas podemos disfrutar mais uma vez da experiência fantástica que é escalar neste lugar.


Related Articles

Parque Nacional do Itatiaia realizará seminário sobre regras de escalada

  Em setembro de 2013 iniciou-se um Grupo de Trabalho GT com o objetivo de revisar as normas vigentes no

Escalando na estepe argentina

Após escalarmos apenas duas vias em 5 dias nas Agulhas do Frey, entre tempo ruim e neve fofa demais para

Rumos da Escalada de Competição foram discutidos em São Bento do Sapucaí

Aconteceu ontem, na cidade de São Bento do Sapucaí, uma reunião com alguns dos grandes nomes da escalada esportiva brasileira

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment