Diâmetro das Cordas simples – uso recomendado para cada bitola

Diâmetro das Cordas simples – uso recomendado para cada bitola

Existe uma ampla gama de bitolas para cordas de escalada, e isso é motivo de dúvida para muitos escaladores. Nesse artigo vou tratar apenas das cordas indicadas para uso simples. Cordas duplas e gêmeas não são tão usadas no Brasil, então a pauta ficará para outra ocasião.

 

Ao comprar, atente se a corda é para uso Simples.

Ao comprar, atente se a corda é para uso Simples.

Existem cordas indicadas para vários usos, mas elas tem essa indicação na etiqueta. Jamais deduza que uma corda para uso dupla ou gêmea, pode ser usada para uso Simples.

Sim! Existem cordas indicadas para vários usos, mas elas tem essa indicação na etiqueta. Jamais deduza que uma corda indicada apenas para uso Dupla ou Gêmea, pode ser usada para uso Simples.

Bitola e peso

O assunto aqui é bitola (espessura), mas ao comparar uma corda e outra de marcas diferentes, tenha em mente de que você tem que conferir o peso também. Fato é que o paquímetro das marcas parece não ser o mesmo, e cordas do mesmo diâmetro e marcas diferentes, facilmente tem de 10 a 20% de diferença no peso – que pode ser devido a poliamida usada, do processo de fabricação, tratamento ou simplesmente por que um fabricante aperta ou afrouxa a capa mais do que outro. Então não adianta você comprar uma corda “fina” se o peso dela se assemelhar a outra mais “grossa”.

Indicações de acordo com a bitola

Cordas finas são as melhores para escalada esportiva.

Cordas finas são as melhores para escalada esportiva.

Cordas entre 8,9 e 9,5mm – são cordas mais indicadas para uso esportivo. São leves, fáceis de costurar por terem melhor grip, que é bom mesmo para quem tem mão grande e entram fácil mesmo nos mosquetões menores. São quase tão resistentes quanto as cordas mais grossas, mas não duram tanto pois ao menor sinal de desgaste, o escalador certamente vai começar a se questionar sobre a segurança. Tenho uma dessas apenas para aquela cadena limite, onde peso e arraste da corda podem ser cruciais para o sucesso ou eject da via.

 

As cordas entre 9,4 e 9,8mm são mas mais versáteis.

As cordas entre 9,5 e 9,8mm são mas mais versáteis.

Cordas entre 9,5mm e 9,8mm – são as mais versáteis. Excelente custo-benefício pois custam quase o mesmo que as outras e servem tanto para escaladas esportivas quanto tradicionais, sendo mais indicadas para esta última modalidade. Aguentam bem o tranco das vias de longo percurso, com bom desempenho (quando novas) nas escaladas esportivas. São minha primeira escolha e deve ser também para quem compra a primeira corda. Aqui vai minha dica: https://www.decathlon.com.br/corda-de-escalada-95mm-cliff-31130/p 

Cordas acima dos 10mm são incidadas para cursos e uso intensivo.

Cordas acima dos 10mm são indicadas para cursos e uso intensivo.

Cordas de 10mm ou mais – são verdadeiros cavalos de força. Se eu for escalar uma rota em artificial no El Capitan, quero usar uma dessas. Indicadas para quem tem uso intensivo: escolas, top rope, escalada de grandes paredes onde será necessário jumarear. São pesadas, são ruins de colocar na mochila, mas são paz de espírito para quem está numa conquista e precisa de um equipamento realmente resistente. Tenho usado nos cursos e sim, vale a pena carregar um pouco mais de peso, pois elas duram muito e isso tem que ser levado em conta para quem investe nesse equipamento que não é barato.

Dúvidas? Deixe nos comentários.

Eliseu Frechou

Eliseu Frechou

Guia de montanha e instrutor de escalada. Iniciou no esporte em 1983 e desde então se dedica ao montanhismo e à escalada tempo integral atuando em diversos segmentos, mas principalmente na organização de expedições, produção de documentários e filmes.



Related Articles

Escalada tradicional – segurança de cintura

  Antes do advento de qualquer dispositivo de segurança, a segurança de corpo, passando a corda pelas costas na altura

Equipamento básico de escalada em rocha

Muitos iniciantes tem dúvidas sobre a quantidade de cada equipamento que deve comprar para começar a escalar em falésias ou

Freios “automáticos” para escalada e montanhismo – atualizado

OS AUTOMÁTICOS Os freios semi-automáticos foram um grande avanço em prol da segurança na escalada esportiva, possibilitando uma maior tranqüilidade

2 comments

Write a comment
  1. Carlos
    Carlos 17 fevereiro, 2023, 17:52

    Na escalada esportiva usava uma de 9,8 mm de diâmetro. Fluía de uma forma “mágica” e me ajudou a passar alguns oitavos. Hoje os diâmetros para escalada esportiva podem ser ainda menores e devem ser cordas ainda mais ágeis

    Reply this comment
    • Eliseu Frechou
      Eliseu Frechou Author 17 fevereiro, 2023, 18:09

      Sim, a até 10 anos atrás era padrão as 9,8mm, mas hoje as de 8.9mm estão dominando o cenário esportivo.

      Reply this comment

Write a Comment