Proteções perigosas e como identificá-las?

Proteções perigosas e como identificá-las?

Ao escalar muitas vias equipadas com chapeletas, noto que nem sempre o conquistador – ou equipador – conhecia a forma correta de instalar este tipo de proteção, e muitas vezes, sequer a posição correta de apertar a chapeleta no spit ou parabolt. Uma chapeleta apertada fora de prumo, ao receber o impacto de uma queda – ou mesmo apenas o peso do escalador, tende a torcê-la no sentido de abertura, geralmente afrouxando o aperto da porca.

Outro erro comum e que ocasiona a diminuição da resistência da proteção é instalar o grampo fora do ângulo de 90° com a rocha.

Quando tracionada, a chapeleta vai girar e soltar a porca do parabolt.

Quando tracionada, a chapeleta vai girar e soltar a porca do parabolt.

Oi?

Oi?

Nem precisaria de descrever o problema.

Nem precisaria de descrever o problema.

Lógico que há casos mais estranhos ainda, onde para tentar consertar instalações como prumo ou profundidade insuficiente, o escalador usou de artifícios como colas ou resinas, e até durepoxi, como se estivesse fazendo algum tipo de artesanato na rocha.

É importante que ao escalar uma via, você se mantenha atento se o parafuso das chapeletas está apertado – ou se não pelo menos no final da rosca. E se os spits estão na posição correta de ângulo e profundidade. No caso dos parabolts, que são mais resistentes, estas falhas são menos preocupantes, mas mesmo assim, estes detalhes devem ser observados pois a resistência será melhor e a manutenção mais distante.

Parabolt fora do ângulo de 90° em relação à rocha.

Parabolt fora do ângulo de 90° em relação à rocha.

 

Tudo errado!

Tudo errado! Parabolt instalado fora do ângulo, chapeleta fora do prumo e arruela. :(

Outro erro comum, é o uso de arruelas. Estas são as grandes iniciadoras de ferrugem e em nada acrescentam à resistência do sistema. Se o equipador usa a arruela para evitar arranhar a chapeleta na ocasião da expansão do parabolt, o que é recomendado, deve retirá-la após a expansão do parabolt e deixar apenas a porca em contato direto com a chapeleta.

Arruela enferrujada.

Arruela enferrujada.

 

Instalação e alinhamento corretos

Instalação e alinhamento corretos

 


Artigos Relacionados

Freios “automáticos” para escalada e montanhismo

Os freios semi-automáticos foram um grande avanço em prol da segurança na escalada, possibilitando uma maior tranqüilidade em ambientes como

Equalize-se e permaneça vivo

O fato de uma pessoa praticar uma atividade muitas vezes a leva a ficar desleixada com as regras básicas de

Nós errados e escaladores com vocação pra defunto

Em minha vida de escalador já vi muitos procedimentos errados. Técnicas que achávamos certas e depois de muito tempo, descobriu-se