Falésia Blues

Falésia Blues

Falésia logo acima do estacionamento que dá acesso à Ana Chata. Há diversas trilhas entre os bananais que são usadas para chegar à base ou ao topo da pedra. Para rapelar pela via Crossroads, é necessário corda de 60m e dois rapéis.

Contornar a falésia é complicado pois o mato é alto e há algumas colméias nas fendas.

1 The Jack 2 Crossroads 3 Riff 4 Ralador de dedos 5 Fenda

1 The Jack 2 Crossroads 3 Riff 

Leve friends para as vias 1, 3 e 5

Eliseu Frechou (2,3) Luis Clément e Renato Torlay (1,2) Marcelo Iron (3). 96-14

Crossroads

Crossroads

Eliseu Frechou

Eliseu Frechou

Guia de montanha e instrutor de escalada. Iniciou no esporte em 1983 e desde então se dedica ao montanhismo e à escalada tempo integral atuando em diversos segmentos, mas principalmente na organização de expedições, produção de documentários e filmes.


Related Articles

Falésia do Machadão / Rubinho

O point de bouldering conhecido hoje como Rubinho em Paraisópolis, já se chamou Falésias do Machadão quando em 2005 aconteceu

Morador das terras altas

Logo que mudei pra cá (São Bento do Sapucaí), lá pelos idos de 1989, era bem difícil encontrar certos pássaros.

Corujas – uma breve história do setor mais negativo da Pedra da Divisa

2002 Por volta de 2002, Wendel Goulart e eu abrimos a África, primeira via a ser equipada no setor mais

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment