Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Esta semana aprendi algo novo que será de grande valor nas próximas expedições: costurar companheiros estropiados. O teste foi com um pé de porco (que depois foi pro feijão), e deve ser o mesmo procedimento com os parsas.

Em 2006 quando tentávamos uma nova via no Suri Tondo, Mali (África), o Fernando Leal foi atingido por um bloco que abriu um buraco considerável no antebraço. Naquela situação, um rolo de silver tape solucionou e estancamos o sangramento. Agora, os companheiros não precisam mais se preocupar. Ahahahaha!


Related Articles

Travessia da Serra Fina – do Ruah ao Três Estados e o final

O segundo dia começou mais cedo. Coloquei o despertador para as 05h50. Quer moleza? Fica em casa! Desmontamos o acampamento,

Harmatan recebe prêmio de Melhor Direção

Harmatan, última produção de Eliseu Frechou ganha o prêmio de “Melhor Direção” na 12ª. Mostra Internacional de Filmes de Montanha,

Quais substâncias podem danificar minha corda?

Dúvida comum de todo novato da escalada é sobre como cuidar da corda, um equipamento bem caro e que é

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment