Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Esta semana aprendi algo novo que será de grande valor nas próximas expedições: costurar companheiros estropiados. O teste foi com um pé de porco (que depois foi pro feijão), e deve ser o mesmo procedimento com os parsas.

Em 2006 quando tentávamos uma nova via no Suri Tondo, Mali (África), o Fernando Leal foi atingido por um bloco que abriu um buraco considerável no antebraço. Naquela situação, um rolo de silver tape solucionou e estancamos o sangramento. Agora, os companheiros não precisam mais se preocupar. Ahahahaha!


Artigos Relacionados

Equipamentos para montanha e trilha – Dicas para a Serra Fina

Esta semana estarei fazendo a travessia da Serra Fina com os amigos Waldir Joel e Nena Alava. Arrumar a mochila

Travessia da Serra Fina – parte II – On The Rocks

Assista a segunda parte da matéria sobre a Travessia da Serra Fina, agora atravessando o vale do Ruah, passando pelo

O melhor caminho em 2014

Queridos (as). Neste final de ano, deixo a cargo de Robert Frost a mensagem de reflexão para o ano que