Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Expedição Lotus Flower Tower – aprendendo a suturar

Esta semana aprendi algo novo que será de grande valor nas próximas expedições: costurar companheiros estropiados. O teste foi com um pé de porco (que depois foi pro feijão), e deve ser o mesmo procedimento com os parsas.

Em 2006 quando tentávamos uma nova via no Suri Tondo, Mali (África), o Fernando Leal foi atingido por um bloco que abriu um buraco considerável no antebraço. Naquela situação, um rolo de silver tape solucionou e estancamos o sangramento. Agora, os companheiros não precisam mais se preocupar. Ahahahaha!


Related Articles

Expedição Lotus Flower Tower – o topo e a volta

Após o platô do Bivaque, como é conhecido este que é único platô realmente decente de toda a via, a

Harmatan recebe prêmio de Melhor Direção

Harmatan, última produção de Eliseu Frechou ganha o prêmio de “Melhor Direção” na 12ª. Mostra Internacional de Filmes de Montanha,

Instalação de chumbador PBA

Aproveitando a manutenção das bases da via “Surfista Prateado”, que também servem como rapel (com uma corda de 60m) na

No comments

Write a comment
No Comments Yet! You can be first to comment this post!

Write a Comment