Nuts – materiais e suas utilizações

Nuts – materiais e suas utilizações
Vai na fé, playboy!

Vai na fé, playboy!

Existem no mercado, vários tipos de nuts, que diferem tanto no formato quanto no material utilizado na fabricação. E ao contrário do que muitos pensam, é justamente nesse material que esta a principal diferença entre essas peças, e que pode fazer toda a diferença entre segurar sua queda ou deformar, escorregar ou arrebentar em uma colocação aparentemente perfeita. Por incrível que pareça, poucos escaladores conhecem a utilização correta da nut de determinado material, atendo-se unicamente na instalação da peça na fenda, o que é um erro.

Metal amarelo. As mais difíceis de sair do lugar.

Metal amarelo. As mais difíceis de sair do lugar.

Metais amarelos – ligas de latão ou bronze (misturas de cobre e zinco) são à base da composição da cabeça destas peças. São as micro-nuts mais macias que existem. Quando o escalador coloca uma nut dessas na fenda, tem a opção de dar um tranco, fazendo com que a rocha arranhe o metal e “agarre” melhor a nut. Jewels, Peewees, RPs e Off sets… são os modelos mais conhecidos. Devem ser utilizadas naquelas colocações duvidosas: fendas abertas para fora, ou que só suportam carga quando puxadas para baixo e não para fora. Apesar de não serem muito resistentes, são as mais difíceis de sair do lugar. Os números menores devem ser utilizados apenas para escalada artificial, pois suportam o peso do corpo e nada mais.

Zicral, a nut mais "pau pra toda obra".

Zicral, a nut mais “pau pra toda obra”.

Zicral, 7075, 6082 T6, ou outras ligas – mesmo material utilizado na fabricação dos mosquetões (não é duralumínio como muitos pensam). Estas ligas de zinco, cromo e alumínio dão resistência e leveza ao material que vai receber impactos durante sua vida útil. Estas são as nuts mais utilizadas e vendidas em todo o mundo. Modelos como stoppers, wallnuts, rockies… são encontrados facilmente nas lojas de montanha. As peças deste material tem tamanhos médio/grandes, principalmente por conta de que o zicral não tem grande resistência à deformação, e micro-nuts desta liga metálica poderiam facilmente se deformar numa queda se o tamanho da cabeça fosse muito pequeno.

Nuts de aço. Bomber!

Nuts de aço. Bomber!

Aço – são as nuts mais fortes que existem, até por isso que são feitas com um cabo de aço de maior resistência, e que é forjado dentro da cabeça da peça – Vale lembrar que a curva que o cabo de aço faz na parte de cima da cabeça nas nuts fechadas com luvas, é um ponto onde o cabo de aço se enfraquece demais. O modelo micro stopper da Black Diamond é o único que eu conheço feito de aço. Como toda micro nut, os números menores são feitos para agüentar no máximo 2KN.

Lembre-se de que a explicação acima é uma introdução apenas, na arte de proteger-se utilizando equipamentos móveis. Se você quiser entrar nesse mundo da escalada de aventura, faça um curso antes… antes de parar num hospital pensando que sabia o que nem imaginava que existisse. A Montanhismus (http://www.montanhismus.com.br) realiza cursos de escalada móvel durante todo o ano.


Tags relacionadas:
escalada tradicional

Artigos Relacionados

Lubrifique os mosquetões de escalada

Muitos escaladores têm dúvida na hora de fazer a limpeza e manutenção dos mosquetões. Vale lembrar que se o mosquetão

Equalize-se e permaneça vivo

O fato de uma pessoa praticar uma atividade muitas vezes a leva a ficar desleixada com as regras básicas de

Escalada tradicional – segurança de cintura

  Antes do advento de qualquer dispositivo de segurança, a segurança tradicional, passando a corda pelas costas na altura da