Equalize-se e permaneça vivo

by Eliseu Frechou | 17 de março de 2014 09:09

O fato de uma pessoa praticar uma atividade muitas vezes a leva a ficar desleixada com as regras básicas de segurança. Com os escaladores não seria diferente. Na maior parte dos relatos de acidentes notamos que houve uma sequência de acontecimentos e negligências que poderiam ter sido evitados. E juntando com o fato de que escaladores experientes às vezes se envolvem em tais tragédias, é importante mantermos sempre o padrão e nunca menosprezarmos a chance que seja mínima, de o azar nos transformar em estatísticas infelizes.

Esta semana, o Gabriel Buésio achou um vídeo[1] de escalada em  Balneário Camboriú, SC que é um verdadeiro apanhado de procedimentos errados. Veja só uma das bases:

Que §&%&@ é essa? Pessoas com vocação para defunto, se aventurando pela escalada e inventando técnicas.[2]

Que §&%&@ é essa? Pessoas com vocação para defunto, se aventurando pela escalada e inventando técnicas.

Abaixo, mostro em sequência, o modo correto para equalizar uma base em dois pontos fixos (grampos ou chapeletas), para segurança do guia ou segundo.

Sequencia de equalização. Passe a fita pelos mosquetões e depois torça um dos lados.[3]

Sequencia de equalização. Passe a fita pelos mosquetões e depois torça um dos lados.

 

Endnotes:
  1. vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=y-j0XVgNR-o
  2. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2014/03/equilizacaotosca11.jpg
  3. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2014/03/equilizacao11.jpg

Source URL: http://eliseufrechou.com.br/equalize-se-e-permaneca-vivo/