Cordas de escalada – identificando desgastes perigosos

by Eliseu Frechou | 29 de agosto de 2013 14:01

 

É frequente amigos me mostrarem cordas que sofreram desgaste para lhes aconselhar se podem continuar usando-as ou não.

Primeiramente, vamos deixar claro que a análise aqui será em relação ao desgaste da capa. Se a alma foi afetada, não há o que pensar – a corda está condenada a ser cortada definitivamente, e ao invés de uma corda, o dono terá duas cordas menores.

A capa da corda é responsável não só por cerca de 20% da resistência do conjunto, como também é ela que mantém a unidade dos fios da alma, então o seu desgaste deve ser muito bem considerado se você planeja viver muito tempo.

O que é alma, e o que é capa?[1]

O que é alma, e o que é capa?

Não existe uma regra para avaliarmos a segurança da corda depois de uma ralada ou lambida numa quina de pedra, pois o desgaste da capa depende muito de fatores como:

Profundidade – se rompeu totalmente a capa;
Tamanho – um ralado de 5cm é menos preocupante do que um de meio metro
Espessura da corda – uma corda de 11mm é muito mais resistente do que uma de 9.2mm
Uso – uma corda é mais requisitada na escalada tradicional ou em esportivas onde o escalador está trabalhando uma via e caindo com frequencia, do que quando a corda será usada para top rope ou segurança do segundo da cordada.

A bitola (espessura) da corda é indicada em milímetros[2]

A bitola (espessura) da corda é indicada em milímetros

Pensando em todas estas variantes, é importante que o escalador escolha a espessura e tipo de corda certa para a modalidade que irá praticar.

Bitola

Cordas entre 9.8mm e 10.2mm são para qualquer tipo de escalada. Agüentam bem o desgaste e duram bem, sem serem excessivamente pesadas.
Cordas com bitolas entre 10.3 e 11mm são utilizadas em escolas e grandes paredes, onde o desgaste é excessivo e é bem provável que você tenha que usar a corda mesmo um pouco danificada.

Vamos aos exemplos:

Pequeno desgaste. Use tranquilamente[3]

Pequeno desgaste. Use tranquilamente

Pequeno desgaste, se a corda for acima de 9,6mm use sem problemas.[4]

Pequeno desgaste, se a corda for acima de 9,6mm use sem problemas.

Note que muitas cores da trama da capa não são visíveis no desgaste. Perigo![5]

Note que muitas cores da trama da capa não são visíveis no desgaste. Perigo!

A capa está quase que totalmente rompida, e já é possível ver a alma (branca). Perigo![6]

A capa está quase que totalmente rompida, e já é possível ver a alma (branca). Perigo!

Rompimento total da capa. Comece a rezar. Aposente a corda ou corte-a em dois pedaços. PERIGO![7]

Rompimento total da capa. Comece a rezar. Aposente a corda ou corte-a em dois pedaços. PERIGO!

Como em qualquer outra situação na escalada, o que vale é o bom senso e a tranquilidade. Na dúvida, não arrisque, e lembre-se do ditado “jacaré que vacila, vira bolsa”.

Boas – e seguras – escaladas pessoal.

 

 

 

 

Endnotes:
  1. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/622_0dffde77-072a-35bf-ade6-106032644105.jpg
  2. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/bitola.jpg
  3. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/peqDESG.jpg
  4. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/desgstepequenoazul.jpg
  5. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/rompimentoperigosocapa.jpg
  6. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/rompimentoCAPAprigo.jpg
  7. [Image]: http://eliseufrechou.com.br/wp-content/uploads/2013/08/vocevaimorrer.jpg

Source URL: http://eliseufrechou.com.br/cordas-de-escalada-identificando-desgastes-perigosos/